Traduzir

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Causas de Dores

Embora por vezes possam aparentar ser iguais, regra geral as dores são muito diferentes de pessoa para pessoa. Não só na forma como se manifestam, como também varia a causa da dor.
Até mesmo no próprio corpo as dores podem ter diferentes manifestações e causas.

Daí percebemos que o tratamento tenha de mudar de pessoa para pessoa, ou até pode ser o mesmo tratamento se estivermos perante a mesma causa.
Também percebemos que os resultados possam variar, em alguns casos podem ser obtidos mais celeremente e em outros casos podem demorar mais.

Embora a dor aparente ser a mesma (pode até ter as mesmas manifestações), quando a causa é diferente tudo muda.

Surge a pergunta: O que causa a dor?

É um tema sobre o qual já escrevi muito aqui no blog, vou sintetizar o que já foi analisado e acrescentar novos parâmetros.

A dor pode ter como causa:
  • Sistema Tónico Postural;
  • Traumatismos;
  • Emoções;
  • Envelhecimento;
  • Alimentação - escassez de nutrientes provoca mau funcionamento do organismo. Substâncias como a cafeína e álcool (em excesso) aumentam a inflamação no organismo. Aliás qualquer substância em excesso pode intoxicar e prejudicar o organismo, como por exemplo excesso de radicais livres
  • Iatrogénia - refiro-me a procedimentos médicos que têm efeitos "indesejados", não só no âmbito cirúrgico (ver publicação Cicatrizes), como também na prescrição errada e por vezes excessiva de medicação, cujos efeitos secundários produzem dores;
  • Fatores genéticos - este parâmetro não deve ser considerado como intratável, conforme explicitei na publicação Saúde;
  • Atividade física - tanto por excesso, como por defeito;
  • Posturas repetitivas - quando estamos longos períodos de tempo em posições que não são as corretas para a nossa estrutura, por exemplo, a posição em que dormimos;
  • Doenças - qualquer tipo de doença (reumatológica ou não) pode provocar dores no corpo;
  • Poluição - gases tóxicos são outra causa de inflamação do organismo. Podemos agregar neste parâmetro a nicotina e "outros" estupefacientes;
  • Radiação;
  • Eletromagnetismo;
  • Microorganismos parasitários.
Basicamente estes são os parâmetros que podem causar dores no nosso corpo. Muitas vezes existem várias causas, não apenas uma.

A seguir às causas vêm as estruturas afetadas, que podem ser:
  • Pele;
  • Músculos;
  • Tendões;
  • Tecido Conjuntivo;
  • Ossos;
  • Ligamentos:
  • Cartilagens;
  • Liquido Sinovial;
  • Nervos;
  • Vasos sanguíneos;
  • Vasos linfáticos;
  • Orgãos/Vísceras.
Aqui acontece o mesmo, podem existir várias estruturas afetadas.

E as estruturas podem estar afetadas de diferentes formas:
  • Entorse;
  • Rutura;
  • Distensão;
  • Contração;
  • Bloqueio;
  • Luxação;
  • Fratura;
  • Degeneração;
  • Simplesmente inflamação.

A dor vai-se manifestar levando em conta a causa, qual a estrutura afetada e como está afetada.

Quero com isto demonstrar a complexidade que é a dor, como é importante encontrar um profissional competente e que realize uma rigorosa avaliação.

Não faz qualquer sentido fazer um tratamento, seja à base de medicação ou de outro tipo qualquer, sem sabermos qual a causa da dor.
E a causa da dor não se identifica numa conversa de 5 minutos...



Sem comentários:

Enviar um comentário